Noticias

Imprimir

Campanha salarial: Servidores Federais acumulam 23% de perdas salariais

Ligado . Publicado em Campanha Salarial 2018

No dia 20 de fevereiro ocorrerá o lançamento da campanha salarial dos SPFs. A política de acordos salariais rebaixados e/ou de reajuste zero tanto no governo petista (com a Conivência da Condsef) como agora com Michel Temer, levaram a severas perdas salariais ao funcionalismo público federal. Segundo estudo do DIEESE, em oito anos o salário dos servidores “encolheu” 23% pois os ínfimos reajustes salariais não foram capaz de repor nem metade da Inflação do período

A desvalorização salarial somada aos severos cortes de verbas (intensificados com a EC 95) e ao conjunto de ataques à categoria (PL das demissões, PDV, terceirização) intensifica a precarização do trabalho do servidor. Tudo é parte  do velho projeto neoliberal que liquidar com o Serviço Público.

Por isso além das lutas contra as Reformas que atinge a toda Classe trabalhadora está colocada a necessidade urgente  de um poderoso levante dos servidores federais em defesa do salário, da estabilidade e do serviço público.

É preciso construir a greve unificada do Serviço Público pra combater o ajuste, as reformas e conquistar 25, 63%% de reajuste salarial, índice definido pelo Fonasefe!  E desde dia 20 de Fevereiro nossa campanha salarial tem que estar com forças nas ruas e não apenas nos gabinetes.