Noticias

Imprimir

Justiça obriga FUNASA a custear exames médicos para intoxicados de Altamira

Ligado . Publicado em Notícias

Ações civis públicas movidas pelo SINTSEP-PA arrancam sucessivas vitórias

Mais de 50 servidores da Região de Altamira serão beneficiados pela decisão da justiça que concedeu tutela antecipada a ação civil pública movida pelo SINTSEP-PA, obrigando a FUNASA a custear exames médicos aos servidores que trabalharam em campanhas de saúde utilizando os inseticidas DDT e malation. A decisão prevê ainda a realização de ações de controle e prevenção da saúde desses servidores.

Imprimir

Plano de Carreira Único – Uma bandeira histórica

Ligado . Publicado em Notícias

Na segunda-feira (14/10), o site da Uol, publicou matéria sob o título “Concursos públicos têm 70.484 vagas com salários de até R$ 19,5 mil”  onde informa que “nesta segunda-feira (14), os principais concursos públicos oferecem 70.484 vagas em várias regiões do país. Existem oportunidades em diversos cargos, destinados a candidatos de todos os níveis escolares. As remunerações iniciais podem chegar a R$19.513, dependendo da função desejada”. E segue informando que o edital publicado pela Procuradoria-Geral do Distrito Federal (PGDF) abre 25 vagas de procurador para serem preenchidas por meio de concurso público.

Imprimir

NOTA DE PESAR ao SINDSEP-AP e familiares vitimado

Ligado . Publicado em Notícias

Companheiros(as),

É com imenso pesar e grande tristeza que recebemos a notícia da tragédia ocorrida no último sábado (12/10/2013), durante o Círio Fluvial de Nazaré, em Macapá-AP. Ocasião em que o Barco “Reis Souza II” que foi alugado pelo SINDSEP-AP Naufragou, ocasionando várias vítimas, entre elas, Funcionários (as), Diretores (as) e Familiares da base do SINDSEP-AP.

Vimos registrar nossas homenagens e nossa tristeza pelas grandes perdas. Solidarizamo-nos com as Famílias vitimadas por essa fatalidade, desejando conforto em um momento tão difícil.

A DIRETORIA, FUNCIONÁRIOS, ESTAGIÁRIOS E ASSESSORES DO SINTSEP-PA

Belém(PA), 14 de outubro de 2013.

Imprimir

Contra o Leilão de Libra! Por uma Petrobrás 100% estatal

Ligado . Publicado em Notícias

O SINTSEP-PA manifesta seu repúdio ao ataque à soberania nacional orquestrado pelo Governo Dilma com a entrega dos nossos recursos naturais nas mãos das empresas privadas e das nações imperialistas.  O governo privatizou os portos, aeroportos e rodovias brasileiras e leiloa as hidrelétricas e o petróleo numa política descaradamente neoli-beral. Os leilões das hidrelétricas de companhias de energia de São Paulo, Minas Gerais e Paraná poderão representar uma conta de energia seis vezes mais cara para os trabalhadores.

Imprimir

Nota de apoio do SINTSEP-PA à greve dos educadores da Rede Estadual de Ensino

Ligado . Publicado em Notícias

O SINTSEP-PA vem a público manifestar seu apoio e solidariedade à greve da Educação. Mesmo com a intransigência do governo Jatene (PSDB) e os ataques e manipulações feitos pela grande mídia, os educadores e educadoras paraenses seguem firmes em sua luta, que para além dos melhores salários é também uma luta por condições dignas de trabalho e educação pública de qualidade

Imprimir

Nota de repúdio do SINTSEP-PA aos governos de Paes e Cabral e apoio à luta dos trabalhadores da Educação do Rio de Janeiro

Ligado . Publicado em Notícias

O Sindicato dos Trabalhadores do Serviço Público Federal do Estado do Pará  repudia a atitude covarde e truculenta do Prefeito Eduardo Paes, do governador Sérgio Cabral (ambos do PMDB) e da Polícia Militar do Rio de Janeiro, que respondem com bala e spray de pimenta as reivindicações dos trabalhadores e trabalhadoras da Educação em greve.

Imprimir

Juiz de Santarém nega acesso gratuito à Justiça para Servidores Federais

Ligado . Publicado em Notícias

A justiça de Santarém determinou,no dia 16 de setembro, que 104 ações movidas por servidores públicos federais, por meio da Assessoria Jurídica do SINTSEP-PA, contra a Administração pública, deverão ser custeada - cerca de cem reais por ação - pelos servidores em questão. O juiz, Airton Portela argumenta que os servidores devem arcar com o custo financeiro das ações pelo fato de, segundo o seu entendimento, possuírem recursos para tal. As ações são todas referentes a questões trabalhistas tais como Resíduo de 28%; Indenização de campo 2, gratificações e 1/3 de férias.