Imprimir

SERVIDORES DA SRTE PROTESTAM CONTRA SITUAÇÃO PRECÁRIA DO ÓRGÃO!

Escrito por Imprensa. Publicado em Notícias

Avaliação do Usuário
PiorMelhor 

Com o serviço de limpeza (realizado por empresas terceirizadas) suspenso em função do contingenciamento de verbas, a Superintendência Regional do Trabalho e Emprego suspendeu o atendimento ao público na capital paraense. é mais um capítulo na precarização do órgão que passou por sucessivos cortes de verba nos últimos anos e somente em março teve  30% do seu orçamento contingenciado. Segundo entrevista concedida ao Jornal Liberal pela superintendência do órgão, a situação da limpeza demorará pelo menos 30 dias para ser resolvida. Até lá a população e os servidores continuarão pagando o pato!.

A situação precária vem sendo denunciada pelos servidores há semanas e varias atividades de protesto tem sido organizadas. Na quarta-feira, 27/09, os servidores do prédio da Unidade da Mundurucus realizaram um ato em frente ao prédio cobrando do governo a resolução imediata do problema. É importante frisar que a situação especifica da SRTE faz parte de do conjunto de ataques que o governo Temer tem deferido contra os servidores e o serviço público  e aos direitos de todos os trabalhadores: o contingenciamento de verbas e a destruição da Justiça e do Ministério do Trabalho como parte da Reforma trabalhista exigida pelos grandes empresários.

Por isso a luta dos servidores da  SRTE é uma luta de todos os servidores federais e trabalhadores em geral e o Sintsep-Pa se soma a sua construção.